« Home | Segundas oportunidades » | Exclusivo: a Sala Oval pelo roteiro da Inclusão » | EXISTEM MUITOS INTERESSES EM JOGO » | Provérbio Geral da República » | O Luís, o Luís, já foi a Paris » | COMPROMISSO PORTUGAL » | Grandes vultos da literatura » | 32 anos depois » | Quem disse que os Congressos do PSD já não têm pia... » | E A FESTA RECOMEÇA AMANHÃ » 

terça-feira, maio 30 

Os caçadores voltam cedo para casa

Dir-se-ia que a vida precisa de ser sincopada. Como cada película que termina no ponto exacto onde se contou a si própria. Sobra o que tornaria sem traço o impaciente quotidiano, o desinteressante detalhe, a insuportável continuidade. Menor que as causas. Chamam-lhe vida.
Os caçadores voltam cedo para casa. Ganharam o dia. Cedo de mais.


Há pessoas belas de cartão, Pandora.
Dylan T.