« Home | Publicidades fascinantes. o contra-ataque. » | Admirável mundo » | Publicidades fascinantes com grandes parcerias » | Publicidades fascinantes » | Têxteis em tempo de guerra » | Sair do anonimato » | Trabalhar na Irlanda » | MINUTO DE VIDA » | Ora Bollahs » | Só para imaculados » 

terça-feira, agosto 8 

Em ESTREIA

Eles voltam sempre, uma blogonovela da Sala Oval

Sofia é a rainha do jacuzzi e faz poucas coisas sozinha; só mesmo o básico-essencial, como o Su Doku ou jogar Game Boy. Na semana passada, lembrou-se de ir ao Brasil, rezando para que não lhe impingissem a Baía, não vá apanhar a doença da Maria João Pires.
Nas suas viagens, leva sempre consigo artistas, empresários, jornalistas. É o samba na mangueira, vai lá jurar bandeira.
Gostava de ter tido uma infância infeliz, gostava que a mãe tivesse feito mais sacrifícios por ela, tipo entregar-se à polícia quando ela roubava avelãs para dar aos esquilos na venda do Sr. Joaquim.
Mas não, deram-lhe sempre tudo e Sofia acabou por virar menina mimada e agora tem que ser como ela quer, quando ela quer.
Lembrou-se de montar um negócio, mas em vez disso, optou por um negócio já aberto, tipo um clube de futebol ou, por que não?, o próprio Estado.
No próximo episódio, Sofia conhece Hugo, em escala por Lisboa, e é o princípio de uma bela amizade.

Sofia Oval


Não resisto a perguntar ao autor da novela:

1. Quem é a senhora Pires e de que doença padece? Porquê o Brasil e não o Dubai?

2. Terá Sócretes dupla personalidade?

3. Porquê não dar Sofia a mãe aos esquilos, evitando problemas desnecessários?

4. Se Sofia não tem jeito para abrir negócios, como conseguiu jogar no Game Boy?

5. Será Hugo homossexual?


Era tudo. Como sou viciado em novelas, não sei se o frasco de doce de gila se vai aguentar...

Enviar um comentário