« Home | Descruzadas » | OLHA PANDORA: » | Minuta » | O mundo em sincronia » | Uma Breve Explicação da Gripe das Aves » | O belo jogo de amabilidade » | Verdade e consequência » | Eu, abaixo assinada » | Gripe no Islão » | PARA UMA HISTÓRIA DA 2ª GUERRA MUNDIAL » 

quinta-feira, março 2 

A Democratização dos Perfumes

John F.,
(De volta ao Mundo do Mais)
Bons tempos em que os perfumes eram caros e o povo não os podia comprar. Quem os comprava, sabia o seu valor e usava-os com parcimónia; uma gota a mais e lá vinha a sentença: “Tomaste banho em perfume!”. Sem acesso a perfumes, o povo tinha cheiro a coisas, boas ou más, mas identificáveis.
Com a democracia veio a poluição perfumada. Não só os perfumes democráticos contêm químicos que diminuem a quantidade de essências necessárias para a sua produção, tornando-os muito activos mas baratos, como o povo que os compra acha que quanto mais, melhor.
Contra estas agressões valia a pena a tal revolução…ou mandar-me numa missão mais inodora.

Bunker