« Home | Nomeações » | Million Dollar Babe » | Outsourcing » | Those anti-american bastards » | A Justidão da Lentiça » | A Democratização dos Perfumes » | Descruzadas » | OLHA PANDORA: » | Minuta » | O mundo em sincronia » 

quinta-feira, março 2 

Liberdade de enjoo

A minha liberdade de expressão é constantemente assaltada pelos critérios dos editores dos jornais portugueses (e da maioria dos jornalistas) que não publicam factos que a opinião pública merece escrutinar - entre outras coisas porque envolve o emprego dos impostos que paga. Não os publicam porque, segundo eles, certas matérias "não vendem jornais". E tenho mais do que exemplos de que uma "caricaturazinha" mudava logo o caso de figura. Mesmo que nada tivesse que ver com o caso em escrutínio.
Este é o verdadeiro pasmo, para mim: são estes cavaleiros da censura que agora choram porque o Governo se submeteu a fanáticos do islão e não condenou a violência de uma reacção a uma atitude provocatória livremente expressa. E nem isso é verdade, e muito menos é o essencial do problema. Mas se querem concentrar esta iresponsabilidade toda na problemática da liberdade de expressão, então:
Oh pá: o que vocês querem sei eu!
Keizer Soze

olha lá, cadê a monica l.? não a encontro nem na foto nem nos órgãos sociais...

No caso desta fotografia a mónica seria a marilyn e essa não se "rebaixava". Por isso não vale a pena estar a espreitar por baixo das mesas...
Bunker

Enviar um comentário