« Home | Cease-fire » | FEIRA POPULAR » | Ares irlandeses » | AGOSTO - QUINZENA DOS OVNIS » | Acredito mesmo II » | Não tem muita graça, eu sei » | Acredito mesmo » | Blogonovela - 2º episódio » | DESMANCHA PRAZERES » | Palettes de vítimas » 

quinta-feira, agosto 24 

MURDER AT SEA

Após o cessar fogo (sempre em risco) e antes do campeonato (é já amanhã) temos o mistério do crime a bordo do trimaran.
Crimes destes há muitos mas o nosso "assume contornos especiais" como explicou o nosso especialista Moita Flores.
Julga-se que os "contornos especiais" se relacionam com o facto de um homem aparecer de pés e mãos atadas, amarrado a um cinto de pesos, dentro de um barco afundado, onde só estão mais dois passageiros salvos in extremis, que bradam a sua inocência e, vai-se a ver, não...
Moita Flores considera muito estranho que estes passageiros sejam franceses mas estivessem num barco belga e falem castelhano.
Por favor... antes de cometerem qualquer crime, assegurem-se que o fazem num barco que seja da vossa própria nacionalidade e nunca, nunca falem outra língua que não seja a vossa, ou então podem falar outra língua, mas castelhano é que não.
O diabo está nos detalhes e coisas como estas podem estragar por completo uma investigação.
bunker

a bordo há sempre «contornos especiais»
Não é necessário moitas, flores... os detalhes são os referenciais...
abriguem-se em «bunkers»

Enviar um comentário